Faixa para prender seios: homens trans relatam falta de ar e feridas

67
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Viva Bem/Uol| 11/05/2022 | Por Rosália Vasconcelos)

Erick Ferreira é um homem transexual de 36 anos que espera há sete anos na fila do SUS (Sistema Único de Saúde) pela sua “carta de alforria” do gênero feminino: a mastectomia. Enquanto não vem, Erick precisa fazer uso do binder —acessório estilo espartilho ou top que disfarça o volume das mamas no intuito de reduzir o desconforto pessoal—, provocado pela desconformidade entre o sexo anatômico e a identidade de gênero —e os episódios de transfobia. Para que produza o efeito desejado, a maioria dos homens trans que usam essa peça de roupa comprimem bastante a caixa torácica, o que pode acarretar lesões na pele, falta de ar e até mesmo comprometimento do aparelho respiratório.

Acesse a matéria completa no site de origem. 

Compartilhar: