Visibilidade Lésbica: 24,76% das mulheres ouvidas em LesboCenso dizem que foram estupradas

Pedal pela diversidade Belo HorizonteMG Foto Mídia Ninja

Pedal pela diversidade Belo Horizonte/MG. Foto: Mídia Ninja

01 de setembro, 2022 Por g1

Entrevistadas também afirmaram que pessoas conhecidas cometeram 75,13% desses crimes. Dados fazem parte da primeira etapa do levantamento, que ouviu 22 mil mulheres

(Juliana Nascimento e Priscilla Aguiar/g1) Na semana da Visibilidade Lésbica, dados do primeiro mapeamento de vivências lésbicas no Brasil mostram a violência em destaque. Na primeira etapa do LesboCenso nacional, lançada no auditório da seccional estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE), no Recife, 24,76% das mulheres lésbicas ouvidas disseram que já foram estupradas.

Elas também afirmaram que 75,13% desses crimes foram cometidos por pessoas conhecidas. Ao todo, 22 mil mulheres lésbicas de todo o país responderam a um questionário virtual sobre quem são e como vivem. Em Pernambuco, 664 mulheres foram entrevistadas no LesboCenso.

Acesse a matéria completa no site de origem.

Nossas Pesquisas de Opinião

Nossas Pesquisas de opinião

Ver todas
Veja mais pesquisas