Mãos femininas trabalham na obra da Casa da Mulher Brasileira

2057
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Bem Paraná, 21/12/2015) A Casa da Mulher Brasileira, espaço que vai atender mulheres em situação de violência em Curitiba, tem mãos femininas em sua construção. Estão trabalhando na obra 85 operários, dos quais duas mulheres, Rose e Sara, que emprestam delicadeza e competência ao acabamento do prédio. Sara Ribeiro, de 33 anos e três filhos, é azulejista e pintora de parede. Há quatro anos ela decidiu deixar de ser recepcionista em um salão de beleza e foi seguir a carreira do pai, que era pedreiro. Encorajada por uma amiga, que trabalhava na área, foi ser servente de pedreiro. “Não sabia nada, aprendi na obra. Fiquei lá por dois anos e meio e depois fui buscando coisa melhor. Hoje ganho quatro vezes mais do que ganhava no salão”, diz.

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Mãos femininas trabalham na obra da Casa da Mulher Brasileira (Bem Paraná, 21/12/2015)

Compartilhar: