Ação do Magazine Luiza arrecada mais de R$ 100 mil para combater a violência contra a mulher

782
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Ação da empresa doou valor para dois institutos ligados ao tema

(Info Money, 15/03/2018 – acesse no site de origem)

O Magazine Luiza vendeu, em seu site, 20 mil unidades de uma colher especial com os dizeres: “#eumetoacolhersim – Ligue 180 e denuncie” – para divulgar o número de denúncia 180 e reverter a renda a instituições que cuidam do tema “violência contra a mulher”.

A ação, ocorrida no Dia Internacional da Mulher (8/3), arrecadou R$ 36 mil, mas a companhia anunciou que irá triplicar o valor e doar R$ 108 mil para duas entidades: o Instituto Patrícia Galvão, uma organização social que desde 2001 trabalha pela garantia do direito das mulheres (/assuntos/mulheres) de viver sem violência, e a rede colaborativa Mete a Colher, que funciona por meio de um aplicativo de celular, que conecta mulheres vítimas de violência com outras que podem oferecer apoio.

“A ação foi muito importante e mostrou que nosso cliente e outras instituições estão conectadas com a causa”, diz Ilca Sierra, diretora de marketing multicanal do Magazine Luiza.

A ação chegou a cerca de 9 milhões de pessoas nas redes sociais da companhia e foi trending topic (assuntos mais comentados) no Twitter.

Há oito meses, o Magalu lançou uma iniciativa interna para reduzir os casos de violência contra a mulher entre suas mais de 11 mil colaboradoras. Elas têm acesso ao Canal da Mulher, um sistema de denúncia interno – monitorado diretamente por Luiza Trajano, presidente do Conselho de Administração – cuja função é apoiar as funcionárias expostas a esse tipo de violência.

“O envolvimento e a contribuição das empresas no enfrentamento da violência contra as mulheres são extremamente importantes. Essa campanha mostra que esse é um problema de todos: das empresas, como o Magazine Luiza, e da sociedade”, diz Jacira Melo, diretora do Instituto Patrícia Galvão

Compartilhar: