SP tem aumento de 15,5% nos registros de estupros em janeiro

2524
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Secretário entende que crescimento no número de BOs se deve às campanhas do governo.

(G1, 23/02/2018 – acesse no site de origem)

O estado de São Paulo apresentou aumento de 15,5% no número de estupros em janeiro, segundo o balanço mensal da criminalidade revelado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) nesta sexta-feira (23). O número também aumentou entre 2016 e 2017.

Em todo o estado foram 1.034 casos no mês passado, incluindo estupros de adultos e de vulneráveis. Em janeiro de 2017 foram 895 casos.

Só na capital paulista foram 232 estupros em janeiro de 2018, contra 205 casos em janeiro do último ano, um aumento de 13,2% dos casos na cidade.

“Infelizmente a gente registra mais um aumento dos crimes de estupro. Isso se deve basicamente às campanhas que fazemos para que este tipo de crime seja cada vez mais notificado”, disse o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves.

“Sempre lembrando que de 79% a 82% dos crimes de estupro envolvem pessoas que se conhecem, que possuem uma relação de vizinhança, ou parentesco ou amizade, ou amorosa, o que torna muito difícil a prevenção deste tipo de crime”, acrescentou.

O Secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo Mágino Alves apresenta balanço da criminalidade, com dados comparativos entre janeiro de 2017 e 2018 na tarde desta sexta-feira (23) (Foto: Vivian Reis/G1)

O Secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo Mágino Alves apresenta balanço da criminalidade, com dados comparativos entre janeiro de 2017 e 2018 na tarde desta sexta-feira (23) (Foto: Vivian Reis/G1)

Outros números do estado

As ocorrências envolvendo homicídios dolosos, ou seja, quando há intenção de matar, apresentaram redução de 6,8%, passando de 281 registros em janeiro de 2017 para 262 casos em janeiro deste ano.

Todas as modalidades de roubo também apresentaram queda – houve redução de 23,2% dos casos de roubo de veículos, 69,3% de roubo a banco e 12,3% de roubo de carga.

O panorama de melhoria foi o mesmo com os casos de latrocínio no estado, com redução de 41,1% dos casos – em janeiro de 2017 foram 39 casos de roubo seguido de morte contra 23 casos em janeiro deste ano.

Compartilhar: