Nove em cada dez mulheres agredidas pelos companheiros sofrem caladas

856
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(R7, 03/10/2015) Todos os dias casos de agressões físicas e assassinatos de mulheres por seus companheiros estampam o noticiário policial. Recentemente, um deles ganhou grande repercussão e trouxe à tona a discussão sobre a urgência de se combater essa realidade no Brasil: a fisioculturista Renata Muggiati caiu da janela do apartamento onde morava, no 31ºandar, em Curitiba. O laudo necroscópico apontou o namorado dela como o principal suspeito do crime. Para a representante da ONU Mulheres no Brasil, Nadine Gasman, a violência doméstica contra mulheres é um problema de ordem cultural e independe da classe social dos envolvidos.  Em entrevista ao Portal R7, Nadine afirma que, apesar de a lei estar do lado das vítimas, elas têm medo de fazer a denúncia. Apenas uma em cada dez mulheres agredidas relata a violência às autoridades competentes. As outras nove sofrem caladas.

Leia mais: 
Mulher conta o que ouviu após ser estuprada por ex-companheiro: “Era isso que você queria, não era?” (R7 – 03/10/2015)
Veja 7 indícios de que você está em um relacionamento abusivo (R7 – 03/10/2015)

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Nove em cada dez mulheres agredidas pelos companheiros sofrem caladas (R7, 03/10/2015)

Compartilhar: