Observatório da Mulher do Senado lança estudo com indicadores da violência contra as mulheres

Compartilhar:
image_pdfPDF

A taxa de homicídios de mulheres no Brasil passou de 4,2 em 2006 para 4,6 em 2014, em cada 100 mil. As mais atingidas são as negras e pardas. E os estados mais violentos contra elas são Roraima e Goiás. Os dados foram divulgados no final de dezembro pelo Observatório da Mulher contra a Violência, órgão do Senado Federal.

(Rádio Senado, 09/02/2017 – acesso o áudio no site de origem)

Na avaliação da senadora Simone Tebet (PMDB – MS), que é presidente da Comissão Mista da Violência contra as Mulheres, os números são apenas indicativos úteis para planejamento de ações de proteção. Segundo a senadora, os estados com altos índices de violência contra a mulher não são, necessariamente os mais violentos.

Leia mais: Observatório da Mulher do Senado lança estudo com indicadores da violência contra as mulheres (Compromisso e Atitude, 04/02/2017)

Iara Farias Borges

Compartilhar: