ONU condena uso de violência sexual como arma de guerra na República Democrática do Congo

981
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(ONU/BR, 16/04/2014) De acordo com um novo relatório das Nações Unidas o estupro e a violência sexual na República Democrática do Congo (RDC) continuam sendo usados por grupos armados e por forças do governo, apesar de algum progresso ter sido atingido em termos de conscientização política e ação processual contra tais crimes.

“Não há justificativa para a violência sexual, e sua ampla impunidade só faz alimentar mais injustiças”, declarou o representante especial do secretário-geral da ONU no país, Martin Kobler. A alta comissária de Direitos Humanos da Organização, Navi Pillay, também condenou a prática: “Apesar do aumento no número de processos contra os crimes, há um longo caminho ainda a ser percorrido para acabar com a impunidade na RDC”, disse durante lançamento do documento, nesta quarta-feira (9).

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: ONU condena uso de violência sexual como arma de guerra na República Democrática do Congo

 

 

Compartilhar: