ONU Mulheres parabeniza aprovação de lei que qualifica assassinato de mulheres como crime hediondo

879
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(ONU Brasil – 05/03/2015) A ONU Mulheres Brasil parabenizou o progresso realizado pelo país com a aprovação do projeto de lei que tipifica o assassinato de mulheres entre os homicídios qualificados no Código Penal. À espera de sanção presidencial, o projeto contribuirá para enfrentar o aumento de mortes de mulheres, que só entre 2001 e 2011 tirou a vida de 48 mil brasileiras. Nadine Gasman, chefe da ONU Mulheres no Brasil, explicou que o feminicídio é um crime motivado pelo ódio, planejado, calculado e cometido numa das demonstrações finais de posse e misoginia com que a relação da vítima com o agressor foi marcada.

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: ONU Mulheres parabeniza aprovação de lei que qualifica assassinato de mulheres como crime hediondo (ONU Brasil, 05/03/2015)

Compartilhar: