Para 27% dos universitários, abusar de garota bêbada não é violência

875
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(G1/Educação, 03/12/2015) Uma pesquisa feita com homens e mulheres estudando em universidades brasileiras mostra que 27% dos homens entrevistados acreditam que, se uma garota tiver bebido demais, abusar dela não é uma forma de violência. A pesquisa “Violência contra a mulher no ambiente universitário”, realizada pelo Instituto Avon e pelo Data Popular e divulgada nesta quinta-feira (3), também afirma que 14% dos homens e mulheres estudantes conhecem casos de mulheres estupradas.

Leia também:
2,9 milhões de estudantes brasileiras já sofreram alguma violência de gênero na universidade (Marie Claire, 04/12/2015)
Mais de 40% das mulheres temem violência na universidade (Rádioagencia Nacional – 03/12/2015)
38% dos homens admitem ter praticado agressões (Jornal de Hoje – 04/12/2015)
Comportamento machista leva à violência nas universidades, revela pesquisa (Agência Brasil – 03/12/2015)

 

Leia a integra no Portal da Campanha Compromisso e Atitude: Para 27% dos universitários, abusar de garota bêbada não é violência (G1/Educação – 03/12/2015)

Compartilhar: