Projeto de Lei torna ficha-suja agressores de mulheres

808
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(O Globo, 19/11/2015) Os deputados João Derly (Rede-RS) e Aliel Machado (Rede-PR) apresentaram ontem um projeto de lei tornando inelegíveis os políticos condenados por violência doméstica contra mulheres. Eles passariam a ser considerados fichas-sujas, e não poderiam mais disputar um mandato eletivo pelo período de oito anos após o cumprimento da pena. As regras são as mesmas para enquadrar os demais fichas-sujas: só vale condenação por órgão colegiado. Decisões tomadas por um único juiz não valeriam.

Leia mais: 
Subchefe de gabinete de Paes ameaçou assessora parlamentar de morte (R7, 23/11/2015)
PMDB do Rio exalta secretário que agrediu ex-mulher (O Estado de S. Paulo, 23/11/2015)

Acesse no site de origem: Projeto de Lei torna ficha-suja agressores de mulheres (O Globo, 19/11/2015)

Compartilhar: