Ataque da Bombril não é apenas ao cabelo, mas ao que ele representa

128
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Há 70 anos com uma palha de aço chamada “Krespinha” em seu catálogo, após pressão na internet, Bombril para de vender o item

(Cláudia | 17/06/2020 | Por Ana Carolina Pinheiro)

Há símbolos que marcam a nossa vida, seja por escolha, acaso ou imposição, tanto de um jeito positivo como negativo. Para se fazer presente, o racismo se utiliza de símbolos e códigos e atinge seus alvos em cheio, deixando marcas eternas. Quando uma empresa como a Bombril mantém uma palha de aço em seu catálogo – “há quase 70 anos” – com o mesmo nome, Krespinha, confirmamos algo que não é novidade para nós: o topo da pirâmide não mudou. Pessoas brancas e ricas, que não por coincidência ainda detém o poder de grandes empresas e instituições, seguem alimentando a estrutura opressora que nos mata em segundos ou em doses homeopáticas durante a vida.

Acesse a matéria completa no site de origem.

 

Compartilhar: