SP tem marcha pelo Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha

2762
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Grupo ocupou a Praça Roosevelt pelo fim do racismo, contra o assassinato da população negra e o feminicídio.

(G1, 25/07/2018 – acesse no site de origem)

Um grupo de manifestantes iniciou ato no fim da tarde desta quarta-feira (25) pelo Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha. O protesto começou pouco depois das 17h na Praça Roosevelt, região central da capital.

Leia mais: 
Ato em São Paulo condena violência e celebra resistência das mulheres negras (Rede Brasil Atual, 24/07/2018)
Dia da mulher negra e dia do orgulho crespo: datas que ampliam espaços de luta (Brasil de Fato, 24/07/2018)

Este é o terceiro ano da marcha na cidade. Manifestantes carregavam cartazes e pediam o fim do racismo, do assassinato da população negra e do feminicídio.

“Exigimos o fim do genocídio negro que recai sobre nossas famílias, e o fim do feminicídio que afeta de modo mais permanente e cruel os nossos corpos. Marcharemos por todas mães que perderam seus filhos e filhas”, destacavam as organizadoras do ato em publicação no Facebook.

No fim da tarde, a manifestação ocorria somente na praça Roosevelt, sem bloquear vias.

Compartilhar: