Relatório aponta casos de abusos sexuais na Medicina da USP

738
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Fantástico, 23/11/2014) A melhor faculdade de Medicina do país, referência em ensino e pesquisa, é alvo de denúncias. Abusos sexuais, violência recorrente contra calouros no trote, racismo. Tudo isso, segundo os acusadores, dentro de instalações da Universidade de São Paulo, a USP. Ao Ministério Público, já chegaram denúncias de oito casos de abusos sexuais na Medicina da Universidade. A promotoria de Justiça de Direitos Humanos do Ministério Público de São Paulo abriu uma investigação para apurar denúncias de atos de exclusão, violência física e moral dentro da faculdade de Medicina da USP. A promotora do caso, Paula de Figueiredo, relata que as vítimas procuraram a diretoria, fizeram denúncias, mas não encontraram apoio.

Leia mais: Civilização ou barbárie, Hélio Schwartsman (Folha de S. Paulo, 22/11/2014)

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Relatório aponta casos de abusos sexuais na Medicina da USP (Fantástico, 23/11/2014) 

Compartilhar: