Vagão feminino do metrô dá segurança, mas não resolve o machismo (Agência Brasil – 06/04/2014)

876
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

No Distrito Federal (DF), há nove meses as mulheres que pegam o metrô contam com um vagão exclusivo para elas e também para pessoas com deficiência. “É uma política afirmativa importante, mas não é o desejável. O correto é a gente não ser importunada no metrô e nem no ônibus. A gente tem o direito de ir e vir. Se nem isso as mulheres têm mais, estamos com um problema sério”, avalia a secretária de Enfrentamento à Violência, da Secretaria da Presidência da República, Aparecida Gonçalves.

A iniciativa do DF foi criada pela Lei Distrital 4.848 de 2012 e a operação teve início no dia 1º de julho de 2013. Funciona de segunda a sexta-feira, das 6h às 8h45 e das 16h45 às 20h15. O Rio de Janeiro também conta com um vagão para mulheres. Em São Paulo, a iniciativa foi testada entre os anos de 1995 e 1997, mas não teve sucesso.

Acesse a matéria na íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Vagão feminino do metrô dá segurança, mas não resolve o machismo (Agência Brasil – 06/04/2014)

Compartilhar: