Violência doméstica é ocultada com recurso do YouTube

826
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Exame, 17/06/2015) Um dos principais objetivos de ONGs de defesa da mulher é conscientizar, não o agressor, e sim as mulheres agredidas. Isso porque, segundo dados da Fundação Perseu Abramo, 74% das vítimas não denunciam as agressões. Assinado pela agência Africa, o vídeo mostra mulheres agredidas que tem seus hematomas cobertos por um recurso de descrições do YouTube, o annotations.

Acesse a íntegra no Portal: Violência doméstica é ocultada com recurso do YouTube (Exame, 17/06/2015)

Compartilhar: