França vai regularizar situação de mulheres ilegais que sofrem violência doméstica

Compartilhar:
image_pdfPDF

Secretários de segurança pública receberão, na quinta-feira (25), a instrução de conceder a estas mulheres uma autorização de permanência no país, válida por anos e renovável.

(RFI | 23/11/2021)

O ministro francês do Interior, Gérald Darmanin, anunciou nesta terça-feira (23) em entrevista à radio France Inter que mulheres vítimas de violência conjugal e em situação ilegal na França serão regularizadas.

Os secretários de segurança pública receberão, na quinta-feira (25), a instrução de conceder a estas mulheres uma autorização de permanência no país, válida por anos e renovável.

De acordo com Darmanin, “estas mulheres hesitam muitas vezes a ir a uma delegacia ou unidade de polícia e para procurar a Justiça”.

Ele prometeu que “se a Justiça provar que a pessoa contra quem a queixa foi registrada é realmente responsável de um estupro ou de violências conjugais”, as vítimas serão regularizadas, “em nome da proteção que devemos a elas”.

Acesse a matéria na íntegra no site de origem.

Compartilhar: