Governo do RJ cria protocolo de atendimento a mulheres e crianças vítimas de violência doméstica durante a pandemia

Compartilhar:
image_pdfPDF

Medida foi criada quase 4 meses após o início da pandemia e ainda depende de regulamentação da Casa Civil.

(G1 | 01/07/2020 | Por Erick Rianelli)

O estado do Rio tem agora um protocolo para o atendimento de mulheres e crianças vítimas de violência doméstica durante a pandemia.

A medida foi publicada no Diário Oficial na terça-feira (30), mas ainda depende de regulamentação junto à Casa Civil para ser colocada em prática. Não há prazo definido para a regulamentação.

Segundo dados do ISP, a violência física contra a mulher aumentou 59,9% em 2019 em relação a 2018. Em 2020, o crescimento foi de 67% na comparação com o ano anterior. Já a violência sexual aumentou 57% em 2019 e quase 70% em 2020.

Compartilhar: