Magistradas e servidoras: participem da pesquisa sobre violência doméstica – até 30/10/2021

Compartilhar:
image_pdfPDF

As pesquisadoras, Luciana de Oliveira Ramos, professora vinculada à Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas e Fabiana Cristina Severi, professora vinculada à Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da USP-SP estão realizando uma pesquisa com o título: Violência doméstica e familiar contra magistradas e servidoras do sistema de Justiça.

O objetivo é analisar as percepções de juízas e de servidoras do Poder Judiciário que passaram ou passam por situação de violência doméstica e familiar sobre os serviços do sistema de justiça de enfrentamento à violência doméstica. Como objetivos secundários, busca-se identificar juízas e servidoras do Poder Judiciário que sofrem ou sofreram violência doméstica, categorizando-as por: perfil sociodemográfico, ter ou não ter buscado o sistema de justiça, órgão da magistratura em que atua, posição funcional que ocupa. Esse estudo visa, ainda, identificar outros meios buscados por tais grupos para lidar com a violência, fora do sistema de justiça.

Desse modo, as pesquisadoras convidam as Magistradas e Servidoras a participarem da pesquisa através do preenchimento de formulário eletrônico (veja link abaixo), que terá duração de aproximadamente 15 (quinze) minutos.

As informações obtidas por meio dessa pesquisa serão utilizadas apenas para os propósitos da pesquisa e de modo a assegurar o sigilo sobre sua participação, sendo que os dados não serão divulgados de forma a possibilitar a identificação. O e-mail ou informações pessoais preenchidas no formulário serão anonimizadas no momento da análise, por meio da apresentação dos dados por frequência (por exemplo: x% das participantes têm entre 30 e 40 anos etc.).

Em termos de resultados, a pesquisa busca fornecer subsídios para que o sistema de justiça brasileiro possa melhorar a implementação de soluções no sentido de garantir o acesso à justiça para mulheres e oferecer respostas efetivas ao enfrentamento à violência doméstica e familiar no país.

Por tudo isso, a participação de todas é tão importante! Para participar, você precisa acessar o link abaixo, preencher com seu nome, vínculo institucional e email. Em até 72h você receberá no seu email um token e outro link para o questionário da pesquisa. Esses passos são necessários para garantir que sua participação seja anônima e, ao mesmo tempo, que seja possível verificar que só juízas e servidoras participem: https://forms.gle/K9cyqxev8ez3mSTFA

Compartilhar: