Geração Igualdade contra o estupro! é o tema da campanha da ONU para os 16 dias de ativismo

Compartilhar:
image_pdfPDF

“Pinte o mundo de laranja: Geração Igualdade contra o estupro”

(ONU Mulheres, 19/11/2019 – acesse no site de origem)

A comemoração oficial das Nações Unidas do Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres (25 de novembro) ocorrerá na próxima segunda-feira (25/11), na Câmara do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ECOSOC), sede das Nações Unidas em Nova York, das 10h às 12h.

Sob a liderança do secretário-geral da ONU, António Guterres, a campanha UNA-SE para Acabar com a Violência contra as Mulheres até 2030 marcará os 16 Dias de Ativismo este ano sob o tema: “Pinte o mundo de laranja o mundo: Geração Igualdade contra o estupro! ”, de 25 de novembro a 10 de dezembro, Dia dos Direitos Humanos.

Nos últimos anos, as vozes de sobreviventes e ativistas, por meio de campanhas como #MeToo, #TimesUp, #Niunamenos, #NotOneMore, #BalanceTonPorc e outras, destacaram que a questão da violência sexual não pode mais ser silenciada ou ignorada. No entanto, a violência contra as mulheres e meninas continua em todos os países, impactando a vida de uma a cada três mulheres e meninas pelo mundo.

Programação do evento

10h – 10h30  Boas-vindas e abertura

Mediação: Melissa Fleming, secretária-geral adjunta das Nações Unidas para Comunicações globais

Oradoras e oradores:

· Maria Luiza Riberio Viotti, chefe de gabinete das Nações Unidas

· Pramila Patten, secretária-geral adjunta das Nações Unidas e representante especial do secretário-geral sobre Violência Sexual em Situações de Conflito

· Phumzile Mlambo-Ngcuka, subsecretária-geral adjunta das Nações Unidas e diretora executiva da ONU Mulheres

· Ajna Jusic, presidente da Associação “Filhos Esquecidos da Guerra”, Bósnia e Herzegovina

· Chinyere Eyoh, diretora executiva da Iniciativa de Reabilitação e Conscientização de Vítimas de Ofensas Sexuais (SOAR), Nigéria – beneficiária do Fundo Fiduciário da ONU pelo Fim da Violência contra as Mulheres (UNTF)

10h30 – 10h45   Performance do coral sênior da Escola Internacional das Nações Unidas              

10h45 – 12h   Painel de discussão moderado por Deborah Charles, editora executiva de notícias, Devex

Painelistas:

· Susannah Grant, roteirista, produtora e diretora indicada ao Oscar/ showrunner da minissérie da Netflix “Inacreditável”

· Jonathan Torgovnik, fotógrafo premiado, cineasta indicado ao Emmy e educador; fotojornalista e criador do ensaio ConsequênciasDdestinadas: Crianças Ruandesas Nascidas do Estupro

· Karen Naimer, vice-diretora de programas e diretora do Programa de Violência Sexual em Zonas de Conflito, Médicos por Direitos Humanos (PHR) – Fundo Fiduciário da ONU pelo Fim da Violência contra as Mulheres (UNTF)

· Chinyere Eyoh, diretora executiva da Iniciativa de Reabilitação e Conscientização de Vítimas de Ofensas Sexuais (SOAR), Nigéria – beneficiária do Fundo Fiduciário da ONU pelo Fim da Violência contra as Mulheres (UNTF)

· Ajna Jusic, presidente da Associação “Filhos Esquecidos da Guerra”, Bósnia e Herzegovina

Traje recomendado: Como uma das cores oficiais da campanha UNA-SE, a cor laranja simboliza um futuro mais brilhante e um mundo livre de violência contra mulheres e meninas. Convidamos você a usar vestimenta ou acessório laranja no evento para mostrar seu apoio ao fim da violência contra mulheres e meninas.

Informações de confirmação de presença para mídia:

O evento de comemoração da ONU é aberto para mídia.

· Mídia credenciada pela ONU é bem-vinda ao evento sem confirmação de de presença.

· Mídia não credenciada pela ONU que deseja participar e não possui uma identificação oficial da ONU deve confirmar sua presença por meio deste link até 18 de novembro, segunda-feira, 12h, para obter ingressos.

· A mídia não credenciada pela ONU que deseja participar do evento e filmá-lo usando grandes equipamentos de gravação deve obter o credenciamento da imprensa da ONU. Mais informações em: https://www.un.org/en/media/accreditation/

A transmissão ao vivo do evento estará disponível no site da ONU Mulheres e na Web TV da ONU. Siga a conversa on-line usando as hashtags #orangetheworld #pinteomundodelaranja, #16dias e #16days. Siga @SayNO_UNiTE e @UN_Women no Twitter.

Para vozes de sobreviventes, histórias de mudança, vídeos e interativos, consulte o conteúdo editorial dos 16 dias em https://www.unwomen.org/en/news/in-focus/end-violence-against-women

Compartilhar: