Mulheres criam coletivo para combater assédios e abusos na gastronomia

Compartilhar:
image_pdfPDF

Porta-voz do grupo, a chef pernambucana Madu Mello conta quais serão as primeiras iniciativas do Basta!

(Celina/O Globo | 11/06/2020 | Por Renata Izaal)

Não é de hoje que o setor de hospitalidade, que inclui bares, restaurantes, bufês e hotéis, convive com casos de assédio e abuso, sobretudo contra mulheres. Mas, há até muito pouco tempo, os relatos ficavam restritos aos círculos de profissionais da área. Como tem acontecido com outras áreas da economia desde a primavera feminista de 2015, as mulheres que trabalham com hospitalidade têm se manifestado publicamente sobre episódios de machismo, assédio moral e sexual e até mesmo casos de abuso. Para dar conta disso e, principalmente, tentar mudar a cultura machista do setor, um grupo de mulheres decidiu criar o coletivo Basta!.

Acesse a matéria completa no site de origem.

Compartilhar: