Violência sexual é questão de gênero e idade, por Carolina Pasquali, Isabella Henriques, Cynthia Betti, Letícia Bahia e Luciana Temer 

112
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

No Dia da Menina, é preciso lembrar que a criança estuprada e grávida no Espirito Santo é o padrão, não a exceção

(Folha de S.Paulo | 10/10/2020 | Por Carolina Pasquali, Isabella Henriques, Cynthia Betti, Letícia Bahia e Luciana Temer

“É pela vida das mulheres. A frase se repete em manifestações que denunciam os alarmantes números de feminicídio, as mortes por aborto inseguro e outras violências sistemáticas de que são vítimas as mulheres brasileiras.

Em agosto, entretanto, foi a vida de uma capixaba de 10 anos que esteve em risco por causa de violências de gênero. Vítima de estupros recorrentes, a menina eventualmente engravidou. Grupos extremistas divulgaram sua localização e tentaram impedir a interrupção da gestação que lhe ameaçava a vida. O Brasil, estarrecido, parecia descobrir que meninas, assim como mulheres, também podem ser estupradas.

Acesse o artigo completo no site de origem.

Compartilhar: