Live discutirá o aumento da violência contra a mulher durante a pandemia

146
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

A transmissão será realizada na próxima terça-feira (11), Dia da Advocacia

(SEGs | 10/08/2020 | Lola Dias )

No Brasil, a violência doméstica e familiar contra a mulher apresenta coeficientes altos. Em 2019, por exemplo, foram abertos 563,7 mil novos processos. Com o distanciamento social proporcionado pela pandemia, 2020 pode ficar com um número ainda mais elevado. Esse e outros temas nortearão a próxima live da Escola Superior de Gestão Pública, Política, Jurídica e Segurança (ESGPPJS) do Centro Universitário Internacional Uninter. A transmissão acontece na próxima terça-feira (11), às 19h e contará com a participação de Debora Veneral, diretora da ESGPPJS, e Luciana Almeida da Silva Teixeira, mediadora do Grupo de Estudos Direito e Gênero da ESA OAB/RS. “Estamos passando por um momento único, que mudou o nosso dia a dia, e analisá-lo é importante. Com o isolamento social, a convivência familiar foi intensificada e, com ela, surgiu a instabilidade emocional, a insegurança e o medo pela incerteza em relação aos acontecimentos futuros. Somado aos fatores emocionais está o fator financeiro, marcado pela incerteza da estabilidade nas relações trabalhistas e, especialmente, pela ausência de dinheiro”, diz Débora.

Acesse o artigo completo no site de origem.

Compartilhar: