Cartilha pretende ensinar aos homens a não assediarem corredoras que treinam sozinhas no escuro

Compartilhar:
image_pdfPDF

(Estadão| 05/05/2022 | Por Silvia Herrera)

Sim, eu tenho medo de correr sozinha no escuro. E não sou a única. Cada vez leio mais relatos como o meu. E esse medo da violência e do assédio é compartilhado por mulheres em todo o planeta há anos. E começam a surgir  movimentos  que discutem essa insegurança feminina e novos caminhos possíveis a seguir. A White Ribbon é um desses movimentos. Eles contam com o apoio da adidas e, entre as ações planejadas, vão criar uma cartilha de conscientização dos homens, para iniciar uma transformação de comportamento masculino, visando o fim da violência contra o gênero feminino.

Esse inovador programa educacional será co-criado pela adidas junto com White Ribbon e Amanda Sussman, advogada e escritora canadense (The Art of the Possible). Mais de 250 treinadores da comunidade internacional da adidas Runners, em todo o mundo, receberão a cartilha e se tornarão embaixadores designados da missão de criar um ambiente de corrida mais seguro para atletas femininas na cidade onde atuam. O manual conterá ferramentas de aliança detalhadas e etapas de ação para ajudar a comunidade a entender e reconhecer melhor os problemas, além de promover o desenvolvimento e o crescimento pessoal das atletas. Isso incentivará homens e meninos a uma reflexão sobre seu comportamento, assumindo responsabilidade e se tornar aliados que possam garantir que todos estejam seguros para correr da maneira que quiserem, onde e quando quiserem.

Acesse a matéria completa no site de origem. 

Compartilhar: