Em 8 meses, assassinatos de pessoas trans aumentam 70% e superam o total de 2019

163
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Todas as 129 vítimas entre janeiro e agosto de 2020 eram mulheres trans e travestis, de acordo com levantamento feito pela Antra (Associação Nacional de Travestis e Transexuais).

(HuffPost | 08/09/2020 | Por Andréa Martinelli)

Em meio ao cenário de crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, o assassinato de pessoas trans aumentou 70% no Brasil em comparação com o mesmo período de 2019. Dados estão em boletim divulgado pela Antra (Associação Nacional de Travestis e Transexuais) nesta segunda-feira (7).
Só nos primeiros 8 meses do ano, 129 pessoas trans foram assassinadas. Esse total de assassinatos registrados entre janeiro e agosto deste ano representa um salto quando comparado aos 76 registrados no mesmo período de 2019. Também supera o registrado nos 8 primeiros meses de 2018 (113) e 2017 (118).
Compartilhar: