Dia da Visibilidade Lésbica: estudo mostra que posts com a palavra ‘sapatão’ são derrubados e páginas de ativistas são atacadas nas redes sociais

Compartilhar:
image_pdfPDF

Relatório da organização Coding Rights, feito pelas pesquisadoras Ivanilda Figueiredo e Joana Varon, dá panorama sobre a visibilidade e a consequente violência imposta às mulheres lésbicas na internet

( O Globo | 29/08/2020 | Por Leda Antunes)

“Recentemente, no Facebook, sofri vários blocks nas fotos do meu casamento.” “Fui escrever ‘sapatona maravilhosa’ no comentário na foto de uma amiga e o Instagram perguntou se eu gostaria de escrever isso mesmo.” “Se você escreve sapatão, corre o risco de ser bloqueada.” Os relatos são de Camila Marins, mulher lésbica, negra e uma das editoras da Revista Brejeiras — publicação independente voltada para o público lésbico. O depoimento faz parte de um estudo lançado pela organização Coding Rights, feito pelas pesquisadoras Ivanilda Figueiredo e Joana Varon, que faz um panorama das violências sofridas por mulheres lésbicas nas redes sociais.

Compartilhar: