Capacitação de obstetrizes pode salvar 4,3 milhões de vidas, alerta OMS

Compartilhar:
image_pdfPDF

Segundo a OMS, o investimento em educação para enfermeiros e parteiras ajudaria a salvar as vidas de 4,3 milhões de mães e bebês até 2035.

(Viva Bem/UOL | 07/01/2021 | Por Nicola Ferreira/Agência Einstein)

O estudo da organização se baseou em dados e projeções feitos no aplicativo Lives Saved Tool, que estima o resultado de diversas ações por meio de cálculos matemáticos.
O foco da pesquisa foram 88 países que concentram 95% das mortes maternas, natimortos e recém-nascidos mortos. Juntos, esses países concentram 76% da população mundial, porém, apenas 46% do corpo de profissionais da saúde ao redor do globo.

Acesse na íntegra no site de origem.

Compartilhar: