Contrários ao aborto dificultam acesso ao procedimento legal na Argentina

Compartilhar:
image_pdfPDF

Ações judiciais questionam lei aprovada em dezembro, e médicos alegam objeção de consciência

(Folha de S. Paulo| 08/03/2021 | Por Daniel Politi)

Pela primeira vez em mais de um século as argentinas podem abortar legalmente. Mas a mudança histórica na lei talvez não as ajude muito em hospitais como um em Jujuy, província do norte do país, onde todos menos um obstetra dão uma resposta simples: não. Os adversários do aborto estão consternados desde que a legalização do procedimento foi autorizada em lei, em dezembro. Mas estão longe de terem se rendido.

Acesse a matéria completa no site de origem.

 

 

Compartilhar: