19/07/2010 – Gel vaginal reduz risco de contrair Aids e herpes genital, diz estudo (G1)

Compartilhar:
image_pdfPDF

(G1) Pesquisadores da África do Sul divulgaram a criação de um gel vaginal capaz de reduzir em 39% o risco de contrair o vírus HIV durante relações sexuais. O microbicida contém 1% de ‘tenofovir’, antirretroviral usado contra HIV. O medicamento também é eficaz ao prevenir herpes genital em 51% dos casos.

O anúncio foi feito pelo Centre for the AIDS Programme of Research in South Africa (CAPRISA) durante a 18ª conferência internacional sobre a Aids, realizada entre 18 e 23 de julho em Viena.

Estima-se que, se for confirmada a eficácia do gel, a aplicação prolongada pode evitar 500 mil novas infecções pelo HIV na próxima década na África do Sul.

“Mulheres com herpes genital tendem mais a serem infectadas pelo HIV, mas a proteção oferecida pelo gel traz um impacto maior na prevenção contra a Aids”, declarou Salim Abdool Karim, diretor do CAPRISA e um dos responsáveis pelo estudo.

Acesse na íntegra: Gel vaginal reduz risco de contrair Aids e herpes genital, diz estudo (G1 – 19/07/2010)

Compartilhar: