Grávidas com forma severa de covid-19 têm risco 13 vezes maior de morrer, diz pesquisa

Compartilhar:
image_pdfPDF

Dois estudos mostram que grávidas com Sars-CoV-2 grave têm risco aumentado de problemas como hipertensão e embolia pulmonar. Taxa de hospitalização e mortalidade também é maior, mesmo nos casos moderados

(Correio Braziliense | 29/01/2021 | Por Paloma Oliveto)

No início da pandemia de Sars-CoV-2, estudos sobre o impacto do vírus em gestantes foram inconclusivos. Agora, duas pesquisas — uma delas, apresentada ontem, na reunião anual da Sociedade de Medicina Materno Fetal, nos EUA — mostram que a forma grave da covid está associada a um maior índice de complicações e de mortalidade, comparado aos casos leves, moderados ou assintomáticos. Além disso, grávidas com a forma severa da doença têm um risco 13 vezes maior de morrer, em comparação com pessoas da mesma faixa etária com a enfermidade, mostrou um artigo publicado na véspera.

Acesse a matéria completa no site de origem.

Compartilhar: