Manifestantes vão às ruas nos EUA protestar contra lei antiaborto

Compartilhar:
image_pdfPDF

A dois dias do reinício das audiências na Suprema Corte de Justiça, que arbitrará a disputa, quase 200 organizações convocaram os defensores dos direito ao aborto para manifestações em todo o país.

(G1 | 02/10/2021 | Por France Presse)

A batalha pelo direito ao aborto chegou neste sábado (2) às ruas dos Estados Unidos, onde centenas de milhares de pessoas começaram a se reunir em diferentes cidades para uma nova edição da “Marcha das Mulheres”, convocada para frear uma forte ofensiva conservadora.

As mulheres deveriam poder decidir o que fazer com seus corpos, ponto“, disse Laura Bushwitz, de 66 anos, professora aposentada que compareceu ao protesto em Washington.

 

“Estou cansada que me digam o que posso ou não posso fazer (…) Ouviu, Suprema Corte?”, completou.

Até agora foram registrados poucos protestos desde que entrou em vigor, em 1º de setembro, uma lei no Texas que proíbe praticamente todos os abortos no estado, o que provocou uma guerra judicial e um contragolpe no Congresso.

“Estou cansada que me digam o que posso ou não posso fazer (…) Ouviu, Suprema Corte?”, completou.

Até agora foram registrados poucos protestos desde que entrou em vigor, em 1º de setembro, uma lei no Texas que proíbe praticamente todos os abortos no estado, o que provocou uma guerra judicial e um contragolpe no Congresso.

Acesse a matéria completa no site de origem

Compartilhar: