17/12/2010 – Corte da UE decide que a Irlanda viola direitos da mulher (Folha)

374
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Folha de S.Paulo) “A Corte de Direitos Humanos da União Europeia (UE) decidiu que as leis antiaborto da Irlanda violam os direitos da mulher de receber o tratamento adequado no caso de gestações que coloquem sua vida em risco.

A decisão do tribunal europeu, baseado em Estrasburgo (França), deve aumentar pressões para que o país reveja a sua rigorosa lei contra aborto.
A Irlanda resiste em fazê-lo apesar de decisão de 1992 da Suprema Corte de Justiça do país que reconheceu o direito à interrupção da gravidez em casos de risco à vida da mãe.

A demora na revisão colocou mulheres nessa situação em um limbo legal, obrigando-as a viajar a outros países para poder interromper gestações.”

Compartilhar: