24/06/2010 – Serra e o aborto, carta de Thomaz Gollop (Folha Online)

727
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Folha de S.Paulo) Thomaz Gollop, professor adjunto livre docente de ginecologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí, teve a seguinte carta publicada na seção Painel do Leitor da Folha Online:

Serra e o aborto  

Nem sempre a aparente serenidade e segurança revelada por um candidato à cargo público traduz conhecimento do assunto e boa assessoria.

As posições do candidato Serra na sabatina Folha/UOL, e mesmo no programa “Roda Viva” (TV Cultura), mostraram preconceito e desinformação no trato da questão do aborto.

Em primeiro lugar, revelou machismo extremo ao considerar que as mulheres optam por interromper a gravidez de maneira irresponsável e leviana. Depois, fere um conceito jurídico básico, segundo o qual as leis estão à serviço do cidadão(ã); a lei do aborto do Código Penal de 1940 é ineficaz. Felizmente, é raro que uma mulher seja criminalmente penalizada em função da prática do aborto, e nem é desejável que elas (todas as mulheres) o sejam!

O candidato acha, provavelmente, que pelo fato de ter sido ministro da Saúde domina por inércia todas as questões de saúde pública, e aí principia um enorme erro!

THOMAZ RAFAEL GOLLOP, professor adjunto livre docente de ginecologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí (Jundiaí, SP)”

Contato:

Thomaz Gollop – médico
Hospital Pérola Byington/SP e professor de ginecologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí/SP
www.thomazgollop.com.br
Tel.: (11) 5093-0809 [email protected]
Sobre: aborto como problema de saúde pública

Compartilhar: