Novo site da SOF disponibilizará conteúdo de formação com perspectiva feminista

1009
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Géssica Brandino/ Agência Patrícia Galvão, 03/08/2015) Um debate sobre comunicação feminista marcará o lançamento do novo site da SOF – Sempreviva Organização Feminista amanhã (04/08), em São Paulo. O principal objetivo da reformulação foi disponibilizar para um público mais amplo todos os materiais produzidos pela ONG desde o início dos anos 90, como boletins, cartilhas, livros e as coleções Cadernos Sempreviva e Folha Feminista.

Formação e comunicação feministas

Desde a década de 1980, a SOF desenvolve conteúdos para formação feminista. O intuito é digitalizar também materiais desse período e disponibilizá-los no acervo online do site. Tika Moreno é integrante da SOF e explica que a mudança de plataforma também permitirá que a equipe trabalhe com mais autonomia, faça transmissões e esteja mais presente nas redes sociais por meio de conteúdos diversos.

Para Tika, hoje a comunicação feminista enfrenta desafios tanto no conteúdo como na forma de produção. “Na SOF temos investido fortemente na formação das mulheres e militantes da Marcha Mundial das Mulheres. Para nós o importante no que entendemos como comunicação feminista é o processo coletivo de construção, decidirmos juntas quais ferramentas usar e como ampliar a voz das mulheres, seja por áudio ou vídeo”, explica.

Tika destaca a importância desse processo, uma vez que na mídia tradicional a fala dos movimentos é editada. “Esse eixo de formação de conteúdo, a partir das nossas capacidades, análises políticas e visão, é muito crucial. Muito do feminismo tem sido construído a partir da comunicação, de coletivos online que têm conseguido fazer a disputa de discursos na internet.”

O desafio é levar o feminismo a todas as mulheres

Um desafio apontado por Tika Moreno é chegar às mulheres que não têm acesso à internet ou mesmo aquelas que têm formas diferentes de usá-la. “Precisamos saber olhar para a diversidade das mulheres que fazem parte do movimento, e também para aquelas que queremos atingir, e combinar todas as ferramentas com o intuito de fortalecer o feminismo. Precisamos ampliar as formas de usar o rádio e materiais impressos, com linguagem simples. O desafio é integrar diferentes estratégias na construção de uma comunicação feminista e popular que integre as ruas, redes e roçados.”

O evento de lançamento do site da SOF será no dia 04/08, às 19h, na R. Min. Costa e Silva, 36 – Vila Madalena, São Paulo/SP. O debate sobre comunicação feminista contará com a participação de Bruna Provazi (Coletivo de Comunicadoras da Marcha Mundial das Mulheres); Jarid Arraes (Revista Fórum); Laura Capriglione (Jornalistas Livres); e Maria Otília Bocchini (colaboradora da SOF). Acesse a página do evento no facebook.

Compartilhar: