Pesquisa mostra que 70% das mulheres estão mais cansadas hoje do que antes da pandemia

Compartilhar:
image_pdfPDF

Estudo feito pela organização espanhola Malasmadres também indica que 86% das mulheres estão se sentindo apáticas, tristes e desmotivadas durante o confinamento imposto pelo novo coronavírus

(O Globo/Celina | 06/08/2020)

A pandemia de coronavírus não está apenas deixando para trás sequelas físicas (em alguns casos terríveis), mas também sequelas psíquicas em toda a população; e as mães não escapam a esse sofrimento, porque a crise da saúde levou o trabalho de cuidado a outro nível. Desde 14 de março, quando as famílias foram submetidas a um confinamento obrigatório e necessário, ao fechamento de escolas, à proibição de as crianças saírem, e mães e pais passaram a ser professores, cozinheiros e cuidadores, os níveis de o estresse emocional tem aumentado. E, embora tenha afetado ambos os sexos, parece que esse sofrimento foi maior nas mulheres.

Acesse a matéria completa no site de origem.

Compartilhar: