Bancada Feminina reforça campanha “Mais Mulheres na Política”

808
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Senado Federal, 27/04/2015) Senadoras e deputadas reuniram-se em um café da manhã no gabinete da senadora Simone Tebet (PMDB-MS) no dia 23 de abril (quinta-feira) e discutiram detalhes sobre o calendário para lançamento da campanha nos estados.

A intenção é promover eventos com a participação de lideranças políticas femininas de governos estaduais e municipais, assembleias legislativas e câmaras de vereadores; mulheres de instâncias de partidos; representantes de movimentos sociais; dirigentes sindicais e de entidades da sociedade civil para que a mudança em favor do aumento da presença das mulheres em todos os níveis do Parlamento já passe a valer nas eleições de 2016.

A intenção é impulsionar a tramitação das Propostas de Emenda Constitucional nºs 23, e 24, ambas relatadas pela senadora Simone Tebet (PMDB-MS). A PEC nº 23/2015 reserva 30% a 50% das vagas para mulheres, independentemente do sistema eleitoral a ser aprovado durante a discussão da Reforma Política no Congresso Nacional, e a PEC nº 24 assegura uma vaga para o gênero feminino quando da renovação de dois terços do Senado Federal.

A relatora das matérias acredita na relevância do tema pelo princípio da igualdade, segundo Simone Tebet: “As mulheres são 51% da população e precisam ficar fortes para serem campeãs de votos no futuro. É responsabilidade da bancada feminina no Congresso dar a dimensão que a questão merece para a sociedade”.

Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), procuradora Especial da Mulher no Senado, compara a situação da participação feminina no Brasil com a dos parlamentos de outros países nos quais a legislação garante o lugar das mulheres de forma igualitária. “Não estamos fazendo aqui nada que não esteja acontecendo no mundo. As mulheres no mundo têm uma participação maior porque existem leis que garantem percentuais a elas. Como vemos no ranking dos 180 países pesquisados pela União Interparlamentar, entre 180 países, o Brasil está na 157ª colocação e isso é inaceitável para as próximas gerações”, afirmou.

Outra iniciativa das parlamentares é fazer reuniões com líderes de todos os partidos no Congresso e também com representantes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do Ministério Público Federal (MPF) e de entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB).

Já estão confirmados eventos em que serão distribuídos exemplares da nova edição do Livreto “Reforma, Mais Mulheres na Política” e também do manifesto intitulado “Por uma reforma que garanta mais mulheres no Parlamento”. A campanha conta ainda com um spot para rádio.

As cidades escolhidas para o mês de maio foram Manaus-AM e Boa Vista-RR ambas no dia 18 e Porto Alegre-RS no dia 25. Em junho será a vez do Rio de Janeiro-RJ, no dia 15. As datas do lançamento nas cidades de Salvador-BA, Teresina-PI e Curitiba-PR serão confirmadas em breve.

Também estiveram presentes no café da manhã as senadoras Ana Amélia (PP-RS), Lúcia Vânia (PSDB-GO) e Sandra Braga (PMDB-AM) e as deputadas Keiko Ota (PSB-SP) e Christiane Yared (PTN-PR).

Acesse no site de origem: Bancada Feminina reforça campanha “Mais Mulheres na Política” (Senado Federal, 27/04/2015)

Compartilhar: