Ministra Eleonora Menicucci defende reforma política inclusiva

882
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(SPM, 21/05/2015) A ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM/PR), Eleonora Menicucci, participou nesta quinta-feira (21/05), de coletiva de imprensa convocada pela bancada feminina da Câmara e do Senado sobre a Reforma Política. A reivindicação das parlamentares é por uma reforma inclusiva, que estabeleça cotas de gênero de 30% nas cadeiras das casas legislativas. “Não é possível continuarmos convivendo com um sistema político que não reflete a magnitude das mulheres no mundo do trabalho, na educação e nas mais diversas áreas”, ressaltou a Ministra, que se colocou como parceira da iniciativa.

Durante a coletiva, Eleonora Menicucci leu uma carta do Fórum de Organismos Governamentais de Políticas para as Mulheres, na qual as gestoras de órgãos municipais e estaduais apoiam a reivindicação e defendem outros pontos da reforma, como o financiamento público exclusivo de campanhas eleitorais. “Queremos alterar significativamente a realidade de sub-representação feminina nos parlamentos, promovendo um espaço mais igualitário para ambos os gêneros, tanto no Congresso Nacional, quanto nos parlamentos estaduais e municipais”, diz a carta.

Atualmente, as mulheres, que representam 52% do eleitorado e 45% do mercado de trabalho, ocupam 10% das cadeiras na Câmara dos Deputados, 16% no Senado, e uma média de 11% das assembleias legislativas e 13,3% das câmaras de vereadores. “Estes são percentuais irrelevantes diante do que nós representamos na sociedade”, afirmou Eleonora Menicucci. O governo federal defende a reforma política inclusiva.

Participaram também do ato a secretária e a secretária adjunta de Articulação Institucional e Ações Temáticas da SPM, Rose Scalabrin e Angela Fontes, respectivamente e a assessora parlamentar da SPM, Regina Adami.

Comunicação Social

Acesse no site de origem: Ministra Eleonora Menicucci defende reforma política inclusiva (SPM, 21/05/2015)

Compartilhar: