Mulheres são principais autoras de texto sobre atuação feminina na política

Compartilhar:
image_pdfPDF

Em 2019 foram apresentados 19 projetos que tratam do tema; congressistas ainda se dividem sobre as cotas de gênero

(AzMina | 18/06/2020 | Por Bárbara Libório)

O Congresso Nacional viveu em 2019 um aumento das vozes femininas na política, como resultado da primeira eleição em que houve repasse de 30% do Fundo Eleitoral para candidaturas de mulheres. De 10% em 2018, elas passaram a ocupar 15% das cadeiras nas duas Casas Legislativas (Câmara e Senado). Apesar de ainda ser um número pequeno, considerando que mulheres são 52% do eleitorado brasileiro, esse aumento já rendeu frutos: em 2019, o Congresso viu um boom de projetos de lei que visam garantir a maior participação das mulheres na política, segundo levantamento do Elas no Congresso, plataforma de monitoramento legislativo da Revista AzMina.

Acesse a matéria completa no site de origem.

Compartilhar: