08/08/2013 – Bancada feminina e ONU Mulheres atuam para aumentar participação na política

333
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Agência Câmara) A bancada feminina da Câmara se reuniu com as representantes da ONU Mulheres para traçar metas que garantam, entre outras coisas, uma maior participação das mulheres brasileiras na política.

A representante da ONU Mulheres no Brasil, Nadine Gasman, afirmou que a reforma política pode ser uma oportunidade para aumentar a participação das mulheres brasileiras na política.

Leia também:
 Grupo da reforma política discutirá proposta para limitar gastos de campanha
 Pesquisa Ibope/Patrícia Galvão: Para 71%, reforma política é importante ou muito importante para garantir 50% de mulheres e 50% de homens nas listas de candidatos dos partidos

Nadine Gassman destacou a importância da parceria entre a bancada feminina e a ONU em relação a temas ligados às mulheres: “Nós podemos fazer uma parceria muito boa com a ONU Mulheres e com outras agências da ONU para avançar não só na participação política das mulheres, que é muito importante – nós sabemos que faz uma diferença na qualidade das leis, das políticas, dos programas – mas os temas que são importantes para as mulheres do Brasil.”

Comissão conjunta

A coordenadora da bancada feminina, deputada Jô Moraes (PC-B-MG), explicou que foi criada uma comissão para que as deputadas possam estar em contato com as representantes da ONU.

“Nós estabelecemos uma comissão que possa tratar com a ONU Mulher uma programação mais constante e mais permanente que extrapole o momento de troca de experiência, mas que seja uma atuação articulada, particularmente na América Latina e no Caribe”, informou Jô Moraes.

Também participou da reunião a representante da ONU Mulheres para América Latina e Caribe, Moni Pizani.

Liderança e participação

A ONU Mulheres foi criada em 2010 e tem por objetivos principais desenvolver programas para aumentar a liderança e a participação das mulheres em cargos decisórios; eliminar a violência contra mulheres e meninas; engajar as mulheres em processos de paz e segurança e aumentar o poder econômico das mulheres.

Acesse o PDF: Bancada feminina e ONU Mulheres atuam para aumentar participação na política (Agência Câmara, 08/08/2013)

Compartilhar: