Quatro mulheres são eleitas presidentes de comissões permanentes na Câmara

907
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Agência Câmara, 04/03/2015) Relações Exteriores será presidida pela deputada Jô Moraes

A deputada Jô Moraes (PCdoB-MG) acaba de ser eleita presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional. Jô Moraes tem 68 anos e está no terceiro mandato, filiada ao partido desde 1972, quando ele ainda estava na clandestinidade, já foi líder do PCdoB na Câmara dos Deputados, e presidiu a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que analisou a violência contra a mulher no Brasil.

Ao assumir o cargo, ela disse que vai definir com os parlamentares a pauta do colegiado. Jô destacou a experiência dos membros da comissão e disse que levará em conta “a diversidade das opiniões”.

A deputada Clarissa Garotinho (PR-RJ) é a nova presidente da Comissão de Viação e Transportes para esta sessão legislativa, que termina em fevereiro de 2016. Clarissa Garotinho é filha do ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho e foi a segunda deputada mais votada em seu estado.

Quando era vereadora na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, a parlamentar foi presidente da Comissão de Assuntos Municipais, colegiado que discutiu a mobilidade urbana na cidade.

A deputada Júlia Marinho (PSC-PA) foi eleita, há pouco como nova presidente da Comissão da Integração Nacional e Desenvolvimento Regional e da Amazônia. A parlamentar, que está seu no primeiro mandato e é professora, disse que sabe que há muitas demandas na comissão como questões indígenas e hídricas. Por isso, a nova presidente disse que vai analisar e priorizar todas as demandas, mas já adiantou que pretende fazer um trabalho voltado para os interesses da região Amazônica.

A Comissão de Finanças e Tributação acaba de eleger seu novo presidente: a deputada Soraya Santos (PMDB-RJ). Ela é bacharel em Direito e está em seu primeiro mandato.

Ela recebeu 33 votos dos 34 totais. Houve um voto em branco.

A nova presidente assumiu o compromisso de realizar encontros permanentes como ministros e órgãos de controle, como a Receita Federal.

Acesse no site de origem: Quatro mulheres são eleitas presidentes de comissões permanentes (Agência Câmara, 04/03/2015)

Compartilhar: