Mulheres são as primeiras impactadas por incêndios no Pantanal, dizem ONGs

Compartilhar:
image_pdfPDF

(Uol | 17/09/2020 | Por Janaina Garcia)

O combo desmatamento/estiagem/queimadas que faz o Pantanal ser o protagonista da vez na crise ambiental brasileira não afeta somente as ricas fauna e flora do bioma. O atual panorama na região contribui também para a destruição da autonomia econômica de mulheres que vivem do agroextrativismo vegetal e para aumentar a desigualdade de gênero que vinha sendo combatida por mulheres pantaneiras nos últimos anos. A avaliação vem de ativistas de associações que buscam articular e mobilizar grupos de mulheres no Pantanal. Para elas, as mulheres estão entre as primeiras a serem impactadas, entre as populações de áreas atingidas pelas queimadas, à medida que não somente contam com a terra para a subsistência, como estão mais comprometidas com as responsabilidades sobre a própria casa e com a preservação e a conservação da terra.

Compartilhar: