Mobilidade urbana e (des)igualdade de gênero e raça – uma conversa com Kelly Fernandes

351
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Primeiro episódio da série Percepções sobre segurança das mulheres nos deslocamentos pela cidade, do Patrícia Galvão Podcast, recebe a arquiteta e urbanista Kelly Fernandes

(Agência Patrícia Galvão | 15/03/2022)

Gênero e raça são fatores de vulnerabilidade na mobilidade urbana, já que as mulheres sentem mais medo de se deslocar pela cidade em comparação com os homens. Este é o tema do primeiro episódio da série Percepções sobre segurança das mulheres nos deslocamentos pela cidade, do Patrícia Galvão Podcast, que recebe a arquiteta e urbanista, especialista em mobilidade urbana, Kelly Fernandes. De acordo com ela, “a violência pública atravessa a vida das mulheres de forma cotidiana e molda a relação das mulheres com o espaço”.  

A especialista reforça a necessidade de uma compreensão interseccional para a mobilidade, já que para ela, as cidades são desenhadas a partir de uma perspectiva que desconsidera olhar para marcadores sociais, como gênero, raça, além das questões relacionadas à renda  para o planejamento e execução da infraestrutura urbana. 

Série Percepções sobre segurança das mulheres nos deslocamentos pela cidade

O episódio “Mobilidade urbana e (des)igualdade de gênero e raça – uma conversa com Kelly Fernandes”, do Patrícia Galvão Podcast, está disponível nas principais plataformas digitais de áudio e também no canal da Agência Patrícia Galvão no Youtube. O objetivo desta série é debater os dados da pesquisa Percepções sobre segurança das mulheres nos deslocamentos pela cidade, realizada pelo Instituto Patrícia Galvão em parceria com o Instituto Locomotiva, com apoio da Uber e apoio técnico e institucional da ONU Mulheres, em outubro de 2021. Saiba mais sobre a pesquisa.

 

Compartilhar: