Brasileiras são vítimas da agressão de parceiros cada vez mais jovens

558
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Último Segundo, 09/11/2015) O relacionamento acabou, mas o ciúme, não. A soma desses dois fatores foi usada como justificativa por Anderson Rodrigues Leitão para o assassinato da dançarina Ana Carolina Vieira, encontrada morta nesta semana no apartamento em que morava, em São Paulo. Casos como o de Ana Carolina são comuns no Brasil, país que ocupa a sétima posição num ranking que lista as 84 nações com maior taxa de homicídios femininos. E os episódios de violência – terminem eles em morte ou não – estão acontecendo cada vez mais cedo na vida das mulheres.

Leia mais: 93% dos casos de abuso sexual no metrô de SP não são denunciados (ABC do ABC, 10/11/2015)

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Brasileiras são vítimas da agressão de parceiros cada vez mais jovens (Último Segundo, 09/11/2015)

Compartilhar: