Delegacias de Defesa da Mulher passam a atender transexuais em SP

Compartilhar:
image_pdfPDF

A intenção foi deixar claro que nós, como Instituição, não atendemos essas vítimas conforme o sexo biológico, mas sim pela maneira como elas se enxergam”, salientou a delegada Jamila Ferrari

(Estado de S. Paulo| 13/08/2020 )

No Estado de São Paulo, as Delegacias de Polícia de Defesa da Mulher (DDMs) passam a atender transexuais a partir desta quinta-feira, 13. Serão atendidas, as vítimas de violência doméstica, familiar ou crimes contra a dignidade sexual levando em conta a identidade de gênero e não apenas o sexo biológico. Segundo a coordenadora das DDMs em São Paulo, delegada Jamila Ferrari, a reformulação do decreto traz mais segurança e garantias a este público no momento de registrar o boletim de ocorrência.

Acesse o artigo completo no site de origem.

Compartilhar: