Mulheres ainda predominam como vítimas de estupro, ameaça e lesão corporal

813
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Adital, 04/09/2014) Segundo dados divulgados pelo Dossiê Mulher 2014, ameaça, estupro, tentativa de estupro, homicídio doloso, tentativa de homicídio, lesão corporal dolosa, dano, violação de domicílio, supressão de documento, constrangimento ilegal, calúnia, difamação e injúria. estão entre as principais denúncias de violência contra a mulher no Rio de Janeiro.

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Mulheres ainda predominam como vítimas de estupro, ameaça e lesão corporal (Adital, 04/09/2014)

Compartilhar: