Na Argentina ocorrem anualmente quase tantos femicídios quanto as mortes dos soldados argentinos nas Malvinas, por Ariel Palácios

591
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(O Estado de S. Paulo, 06/12/2014) Uma mulher foi vítima de femicídio a cada 30 horas na Argentina durante 2013. Os dados são da ONG A Casa do Encontro, associação que criou há cinco anos o Observatório de Femicídios da Argentina, que também afirmou que no total, 295 mulheres foram mortas no ano passado por seus maridos, ex-maridos, namorados e ex-namorados, entre outras pessoas. Esse volumes de mulheres assassinadas é quase igual ao número de baixas durante a Guerra das Malvinas entre os soldados argentinos nos combates terrestres no arquipélago (326 mortes).

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Na Argentina ocorrem anualmente quase tantos femicídios quanto as mortes dos soldados argentinos nas Malvinas, por Ariel Palácios (O Estado de S. Paulo, 06/12/2014)

Compartilhar: