Relatório Anual das Desigualdades Raciais no Brasil

1639
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

O Relatório Anual das Desigualdades no Brasil; 2009-2010, elaborado pelo LAERSER (Laboratório de Análises Econômicas, Sociais e Estatísticas das Relações Raciais)/IE/UFRJ, é um estudo que tem por eixo fundamental o tema das desigualdades raciais e sua mensuração através de indicadores econômicos, sociais e demográficos. Visa sistematizar os avanços e recuos existentes no Brasil em termos da equidade racial em seus diversos aspectos.

“A cara da nova classe média é negra, e o mercado já acordou para este fato. No entanto, embora essas transformações estejam ocorrendo de forma semelhante em outros níveis e itens da vida nacional, a diferença que separa negros e brancos no Brasil ainda se traduz em índices de enorme desigualdade. Neste sentido, é revelador o Relatório Anual das Desigualdades Raciais no Brasil – 2009/ 2010, organizado pelo professor Marcelo Paixão e divulgado pela UFRJ.

O documento mostra que a população negra brasileira está em desvantagem no acesso a serviços públicos, como educação, saúde, justiça e previdência social, recebe uma menor renda e tem uma expectativa de vida mais baixa do que outros segmentos. As raízes desta situação são históricas. Pois a mudança da categoria de escravos para a de homens e mulheres livres, em 13 de maio de 1888, não foi capaz de alterar o quadro de exclusão da população negra, na medida em que não veio acompanhada da garantia de acesso à terra, ao trabalho, à saúde e à educação”, escreve Edson Santos, deputado federal (PT-RJ) e ex-ministro da Igualdade Racial – Identidade com a cor (O Globo – 13/06/2011)

relatorio_laeser

Compartilhar: