‘Violência contra a mulher não pode ser analisada isoladamente’, diz relatório da CEPAL

1005
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(BBC Brasil, 13/11/2014) Informe Anual 2013-2014: O enfrentamento da Violência contra as Mulheres na América Latina e no Caribe alerta sobre a ausência, a heterogeneidade e a dispersão das estatísticas sobre a violência contra a mulher na região, principalmente no que se refere a informações confiáveis e oportunas sobre mulheres indígenas e negras. Além disso, apesar de progressos, ainda não há políticas e instituições que lidem com a violência contra a mulher que sejam capazes de garantir a efetiva implementação das leis dentro dos países. O Brasil aparece como exemplo por apresentar medidas para lidar com a violência contra a mulher, como a Lei Maria da Penha e a Central de Atendimento à Mulher.

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: ‘Violência contra a mulher não pode ser analisada isoladamente’, diz relatório da CEPAL (ONU Brasil, 13/11/2014)

Compartilhar: