Nudes: íntimos e perigosos, revela antropóloga em livro

Compartilhar:
image_pdfPDF

Beatriz Accioly Lins teve ideia para a pesquisa após o caso de uma adolescente que tirou a própria vida depois que teve fotos divulgadas para os colegas de escola.

(G1 – Fantástico | 08/08/2021 | Por Redação)

Mandar e receber fotos íntimas – os nudes – nunca foi tão comum. Mas quando o voto de confiança é quebrado, pode começar um pesadelo. Uma antropóloga da USP decidiu estudar esse assunto e transformou sua pesquisa em um livro revelador.

Com mais gente se comunicando virtualmente, cresceram os casos de divulgação de fotos e vídeos íntimos sem consentimento. O que cai na internet hoje tem um potencial de multiplicação enorme – e pode ficar lá para sempre.

“Eu tive a ideia para a pesquisa a partir de uma reportagem do Fantástico, sobre o caso de uma adolescente no interior do Piauí que, com 16 anos, tirou a própria vida porque tinha tido imagens divulgadas para os colegas de escola”, conta a pesquisadora Beatriz Accioly Lins, autora do livro.

Acesse a matéria completa no site de origem

Compartilhar: