A cada 15 minutos, uma menina de até 13 anos é estuprada no Brasil

Compartilhar:
image_pdfPDF

(Universa | 15/07/2021 | Por Camila Brandalise)

Apesar de o senso comum ainda enxergar o estupro como um crime que acontece em ruas e becos escuros, com mulheres adultas vítimas de um homem desconhecido, os dados mostram que a realidade é outra. Em 2020, no Brasil, 53% das vítimas de estupro eram meninas de até 13 anos, o equivalente a cerca de um caso a cada 15 minutos, e, em 85% das situações, o estuprador era conhecido.

Os dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública lançado nesta quinta-feira (15), que analisou boletins de ocorrência de estupro e de estupro de vulnerável — quando a vítima é menor de 14 anos ou não pode oferecer resistência por algum motivo. O estudo é publicado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

Ainda que a pesquisa apresente um número alarmante de 60 mil episódios de violência sexual, houve uma quebra no padrão de aumento anual dos registros, que vinha aparecendo desde a edição de 2015 da pesquisa. Em 2020, houve uma queda de 14% em relação a 2019.

Acesse a matéria completa no site de origem

 

Compartilhar: